Por 1 bilhão de garrafas a menos, Bonafont retira o rótulo das águas

A Bonafont, marca de águas minerais que pertence à Danone, está abolindo os rótulos de algumas de suas garrafas. Os primeiros vasilhames sem etiquetas, que são produzidos com plástico PET reciclado, chegam hoje aos mercados. A iniciativa faz parte de um programa para reduzir o uso de polímeros nos produtos. A meta é retirar do mercado 1 bilhão de garrafas plásticas até 2025. Este ano, a Bonafont se tornará “plástico positivo”, ou seja, irá recolher e reciclar 100% do plástico que coloca em circulação — considerando o peso equivalente do material. “Nosso produto é o mais saudável possível. Por isso, precisamos garantir que a forma como o entregamos ao consumidor tenha o menor impacto possível”, afirma Ricardo Vasques, presidente da divisão de águas da Danone no Brasil. “O plástico é um produto muito eficiente, só precisamos saber como usá-lo”. A indústria de bebidas vem sofrendo pressão para reduzir o uso de garrafas PET, material tão popular quanto poluente. Um estudo publicado pela Pew Charitable Trusts, a Fundação Ellen MacArthur e as Universidade de Oxford, Leeds e Common Seas, aponta que, em 20 anos, enquanto o volume de novos plásticos que entra em circulação no mercado deve dobrar, a quantidade de resíduos que termina nos oceanos triplicará, chegando a 29 milhões de toneladas. Se nada for feito, o custo desse desastre ambiental chegará a 940 bilhões de dólares anuais, globalmente. Para Vasques, a saída para o problema está na economia circular, conceito que reúne uma série de tecnologias que permitem a criação de ciclos fechados de produção. Nesse modelo, a matéria prima é transformada em produto, e, ao fim da sua utilização, retorna ao início do processo, novamente como matéria prima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *